top of page

BOA LEITURA

Desejamos a você uma boa leitura e esperamos que as informações apresentadas sejam úteis e interessantes. Aproveite!

COMPARTILHE

O Cardeal dos pobres, da Amazônia e dos Povos Indígenas

Faleceu hoje, 04 de julho de 2022, o arcebispo emérito de São Paulo Cardeal Dom Cláudio Hummes. Nascido no Rio Grande do Sul e frade franciscano, Dom Cláudio dedicou a sua vida à Igreja na luta pelos direitos humanos dos públicos e populações em situação de vulnerabilidade social.


Após um período de atuação na diocese de Santo André em São Paulo, na qual trabalhava junto aos trabalhadores e trabalhadoras em luta por melhores condições de trabalho e por dignidade para as classes trabalhadoras, Dom Cláudio foi nomeado arcebispo de Fortaleza no ano de 1996, sendo o segundo presidente do Centro de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da Arquidiocese de Fortaleza.


Como presidente do CDPDH, Dom Cláudio se destacou como defensor da causa dos povos indígenas, sendo presença solidária e fraterna nas articulações, no diálogo com as comunidades e na divulgação e promoção das demandas e gritos, sobretudo do Povo Indígena Tapeba.


Acervo CDPDH
Dom Cláudio foi a comunidade Tapeba

Em 1997, ocorreu celebração eucarística na Terra Indígena Tapeba em que se celebrou a demarcação desta terra, demarcação essa depois anulada judicialmente em um dos longos processos de violação aos direitos desse povo. Na ocasião, Dom Cláudio assegurou que a Igreja Católica continuaria solidária ao Povo Tapeba e que iria ajudar no que fosse possível na conscientização dos indígenas sobre os seus direitos. Ele afirmou:

"Vamos em paz. Que cheguemos ao último passo dessa luta que já dura tanto tempo."

Acervo CDPDH
Missa celebrada por Dom Cláudio Hummes

Weibe Tapeba, liderança do Povo Tapeba e Presidente da Federação dos Povos e Organizações dos Povos Indígenas lembra com muito carinho e gratidão da presença de Dom Cláudio junto ao Povo Tapeba:

" Foi muito engajado na nossa luta, defensor das Terras Indígenas e buscando aproximar a Igreja dos Povos Indígenas. Marcou profundamente a trajetória de luta dos povos indígenas do Ceará."
Acervo CDPDH
Dom Cláudio, na celebração, lembrou aos Tapeba que a luta não terminou.

Dom Cláudio foi arcebispo de Fortaleza até abril de 1998 quando foi nomeado Arcebispo de São Paulo. Um sinal marcante de sua presença foi quando da eleição do Papa Francisco, em que disse que o papa não esquecesse dos pobres. Até o final de sua vida, o Cardeal Hummes se dedicou à causa da Amazônia e dos povos originários através de sua atuação na Conferência Eclesial da Amazônia e no Sínodo da Amazônia.


Em 2015, por ocasião da COP21 afirmou sobre os povos indígenas:

"é preciso defendê-los, defender seus direitos, dar-lhes de novo a possibilidade de serem os protagonistas de sua história, os sujeitos de sua história. Deles foi tirado tudo: a identidade, a terra, as línguas, sua cultura, sua história, tudo."

Que o legado de Dom Cláudio permaneça na luta de todos e todas que lutam na defesa vida plena para os povos.

139 visualizações

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page